Desde o final do ano de 2015 e mais acentuadamente em 2016 temos recebido na E-LEAD+ muitas dúvidas sobre o HTML5:

Por que muitas empresas já adotaram cursos nessa versão?

Quais as vantagens e benefícios?

Por que substituir os antigos cursos em FLASH por versões em HTML5?

Vamos aproveitar esse cenário de demandas para compartilhar aqui no blog algumas informações úteis para todas as empresas que já adotam o e-learning ou que querem adotar, especificamente em relação ao HTML5.


O que é o HTML5?

Originalmente o HTML é uma linguagem que sempre foi aplicada à produção de sites para padronizar e formatar conteúdos, definindo cores, títulos e demais recursos da forma mais acessível possível. Com a versão 5, criou-se então a lógica da responsividade, em que os produtos desenvolvidos com o HTML5 são mais autônomos e não dependem de diversos plug-ins para executar ações como reprodução de áudios, vídeos e outros recursos. Com isso, o acesso ficou mais fluido para qualquer canal de acesso ou dispositivo. Trazendo essa inovação para o cenário do e-learning, o que temos é que o HTML5 permite que os cursos sejam acessíveis a vários tipos de dispositivos como IPADs, por exemplo.

A principal garantia, nesse caso, é que todos os treinandos tenham a mesma experiência de acesso, já que o objetivo é ampliar esse universo do e-learning para a diversidade de dispositivos que temos hoje.

Então, quais são as principais vantagens do HTML5?


O HTML5 dispensa plug-ins 

Utilizando o FLASH, o treinando muitas vezes tinha que dispensar um bom tempo baixando plug-ins diversos, o que atrapalhava a experiência de aprendizado. Com o HTML5 isso não é mais necessário, já que ele executa as ações de forma mais independente e o aluno fica mais centrado no treinamento. É o caso dos recursos de áudio e vídeo, por exemplo. É preciso apenas observar que o HTML5 tem esse ganho, mas apenas se considerarmos os navegadores mais modernos como o Google Chrome, por exemplo.


O HTML5 aumenta a acessibilidade para pessoas com deficiência

Com a possibilidade de criar conteúdos marcados por instruções diversas (conhecidas como tags), o processo de localização e identificação desses conteúdos é mais fácil e rápido para portadores com deficiência.


O HTML5 aumenta o leque de acesso para dispositivos móveis

Como dissemos antes, com o HTML5 torna-se mais democrático e amplo o acesso aos cursos e-learning, uma vez que ele permite navegação e adaptação dos conteúdos em dispositivos móveis como tablets e smartphones, reforçando a presença e utilização do m-learning.


O HTML5 permite ampliar o alcance do projeto e-learning na empresa

Esse talvez seja o maior benefício, além das questões técnicas. Hoje, o grande desafio das empresas é engajar um maior número de colaboradores em seus projetos de educação corporativa e o e-learning é inegavelmente uma ferramenta complementar que permite isso com muita fluidez. O problema maior dos dias de hoje é que a tecnologia avança muito rapidamente e as novas gerações precisam de um olhar atento para suas necessidades. As empresas tendem, assim, a adotar as melhores soluções que garantirão mais amplitude e abrangência para alcançar todos os públicos.

O HTML5 aplicado ao e-learning é uma inovação que veio para ficar, já que permite levar os conteúdos de interesse da empresa para qualquer geração, via dispositivos móveis, com acessibilidade e uma dinâmica condizente com os tempos atuais.

Se você já teve uma experiência com o HTML5 e quiser compartilhar, fique à vontade!

Se a sua empresa já usa o e-learning, mas busca inovar ou ampliar o projeto, fale com a E-LEAD+. E se a sua empresa ainda não tem um projeto de e-learning, mas tem interesse em começar, fale com a E-LEAD+!

#COMPARTILHE

Até o próximo!

Ubirajara Neiva

Mercado + conectado

E-LEAD+